Scroll
+351 925 613 847

Imani Country HouseImani Country House

Rest, food, beauty & pleasure.

a nossa história

Uma história de amor à primeira vista

A Quinta de Montemuro estende-se por 11 hectares com pomares, jardins e oliveiras centenárias, por onde passeiam descontraidamente dois inteligentes burros e um rebanho de ovelhas. Poderá vê-los ao caminhar pela propriedade ou enquanto apanha banhos de sol numa das nossas duas piscinas. No alpendre exterior vai encontrar uma cama de rede, uma mesa de matraquilhos e o honesty bar, para desfrutar de uma bebida. No salão do nosso restaurante pode jogar uma partida de snooker, ler um livro ou beber um copo de vinho junto à salamandra, sempre na companhia de boa música. 

Este é o cenário actual, mas quando Mariana Roxo e Zé Pedro Vasconcelos aqui chegaram pela primeira vez, esse cenário era bem diferente: a quinta estava abandonada, os agora quartos e suítes eram ruínas de estábulos e a vegetação tinha crescido selvagem.

A Quinta de Montemuro ganhou esse nome como propriedade agrícola, no início do século XX, e chegou a ter meia centena de trabalhadores a tempo inteiro, embora a exploração seja muito mais antiga, como sabemos por um complexo sistema subterrâneo de minas, poços e túneis de irrigação romanos, que ainda hoje garante a excelente distribuição de água em toda a quinta e a tornam numa ilha verdejante em plena planície alentejana.



Para outros, seria apenas mais uma herdade em ruínas, mas para Mariana e Zé Pedro foi amor à primeira vista.


Os primeiros tempos na quinta foram dedicados a limpar o mato que tudo cobria, escondendo um tanque lindíssimo ou os antigos bancos em pedra espelhados pelos caminhos. As telhas em canudo das casas foram todas limpas e reaproveitadas e os beirados e chaminés mantidos na forma original. Deu mais trabalho, mas muito mais prazer. Naturalmente não fizeram tudo sozinhos, tiveram muitas e boas ajudas, como a de Andrew Shore, um arquitecto australiano que se apaixonou pelo Alentejo e que assinou o projecto de recuperação. Mas muito do que aqui vemos nasceu da imaginação dos proprietários - e também das suas mãos.

Acima de tudo, a preservação e o respeito pela natureza foram sempre uma prioridade – e assim permanecem. Na Imani não utilizamos pesticidas ou químicos, a água quente é preaquecida por painéis solares e a lenha provém de limpezas florestais, para citar apenas algumas das nossas preocupações.

A Mariana e o Zé Pedro sempre acreditaram que esta quinta é um lugar especial, único no Alentejo, em Portugal e, com essa paixão veio sempre o desejo de a partilhar. Foi assim que nasceu a Imani que, bem a propósito, significa 'acreditar' em suaíli.


Já fomos galardoados com os prémios de "Melhor Turismo Rural" pelo Turismo do Alentejo e de “Novo Projecto Privado” pelo Turismo de Portugal. Fizemos também parte da prestigiada "Hot List" da Condé Nast Traveller USA. E as votações - nº1 no Alentejo no site TripAdvisor e 9.5 em 10 no Booking.com – são o reconhecimento claro dos nossos clientes que faz com que tudo valha a pena!

VeriSign Secured, McAfee Secure, W3C CSS compliant
GuestCentric - Hotel website & booking technology